quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Laser na Micropigmentação

Atualmente está muito em alta falarmos do uso do Laser na Estética e na Micropigmentação, não entrarei em detalhes aqui sobre os diversos tipos de Laser com aplicabilidades diversas também. Falaremos hoje sobre o Laser de baixa potencia (HeNe), que é o indicado em Micropigmentação.

Mas antes, o que é o Laser?

Laser (cuja sigla em inglês significa Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, ou seja, traduzindo: Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação
O aparelho é um dispositivo que produz radiação eletromagnética com características muito especiais: 
A luz do Laser é monocromática (possui comprimento de onda muito bem definido), coerente (todas as ondas dos fótons que compõe o feixe estão em fase) e colimada (propaga-se como um feixe de ondas praticamente paralelas). 

Totalmente diferente do LED, que pode ser monocromático, mas não possui estabilidade luminosa e todos os benefícios e propriedades do Laser, não existe um aparelho de "LASER" baratinho, que for barato é somente LED!
Infelizmente na área de estética tudo é vendido como milagroso, então lembre-se não existe o Bom, Bonito e Barato na Estética!

Como exemplo de ondas eletromagnéticas, podemos citar as ondas de rádio, as ondas de televisão, as ondas luminosas, as microondas, os raios X e outras. Essas denominações são dadas de acordo com a fonte geradora dessas ondas e correspondem a diferentes faixas de frequências.

A frequência da luz visível cresce do vermelho para o violeta, consequentemente a energia da radiação também cresce, nós humanos somos "cegos" para a maioria das frequencias, por ex as abelhas e borboletas enxergam a faixa de luz ultravioleta, e nós não, cães e gatos oscilam entre o amarelo e azul, se mantendo comumente nas variaçoes de preto e branco nas escalas de cinza.

Vamos entender isso melhor observando a imagem:


Observe que a luz visível pra nós é uma faixa estreita, ou seja somos capazes de identificar cores por que essa luz que é chamada de luz branca possui em seu espectro as sete cores do arco-iris. Nós nao enxergamos a radiação vermelha e nem a ultravioleta, mas nossa pele possui a capacidade de sentir tais radiações e se proteger delas. 

A luz violeta por ter o menor comprimento de onda é a mais energética. A luz vermelha, ao contrário, é a menos energética, pois seu comprimento de onda é o maior na faixa do visível.  Por este motivo é perigosa a exposição à radiação ultravioleta. Na pele, um dos efeitos imediatos da radiação ultravioleta são a queimadura solar (eritema) e o bronzeamento (melanogênese). Os efeitos tardios são o fotoenvelhecimento e o câncer de pele.

Bom, ja entendemos um pouquinho sobre luz e sobre o Laser, vamos aplicar na Micropigmentação alguns conceitos importantes, e lembrar que o exposto aqui não deve servir de base pra você leitor achar que sabe usar o Laser no rosto de uma pessoa! Nossa intenção é apenas esclarecer um pouco mais aos colegas e clientes que possuem curiosidade sobre o Laser.

Na década de 60 cientistas militares americanos exploraram ao máximo as aplicações do Laser em armas potentes, o resultado de tanta pesquisa é claro foi aproveitado para os variados segmentos, temos bisturis a laser, impressoras, depiladores, controles remotos...uma infinidade de aplicações
Na estética há inúmeros geradores de Laser, com frequências de onda específicas pra sua finalidade. 

O Laser terapêutico ou de baixa intensidade, tem sido usado com enorme sucesso, pois suas características são:
Monocromático: apenas um comprimento de onda, sendo uma luz pura.
Colimado: o feixe de luz é sempre paralelo, com mínima dispersão. No Laser de baixa potencia a dispersão é maior.
Uniformidade: mantém a mesma energia mesmo em deslocamento.

Seus efeitos na Micropigmentação: Red e Infrared

Aumenta síntese de colágeno, sendo útil na reparação tecidual.
Aumento da permeabilidade das membranas celulares, dando maior eficiência nas bombas de sódio.
Aumenta número de fibroblastos e promove tecido de granulação, o que é útil na cicatrização.
Aumento dos níveis de prostaglandinas e ATP celular, tendo efeito no alívio da dor.
Tem ação anti-inflamatória e antiflogística.

Mas, apesar de ser toda essa Maravilha, alguns cuidados são muito importantes, e o conhecimento faz toda diferença! Sua aplicação deve ser preferencialmente pontual a cada centímetro com a intensidade adequada ao que desejamos de efeito! Associar o uso do Laser Vermelho ao Laser Infravermelho tem melhorado muito as respostas cicatriciais.

Lembra que lá em cima eu falei que a nossa pele possui a capacidade de sentir a luz, pois bem, como o Laser é uma luz pura e concentrada, devemos ter muito cuidado na eleição do Laser, uma anamnese bem feita orienta todo o procedimento. 
* Existem pessoas foto sensíveis, ou que estejam fazendo uso de cosméticos e ou medicamentos foto sensibilizantes.  
* O uso de óculos de proteção é uma exigência, não é uma opção. E tanto para o profissional quanto para cliente!

* Sua aplicação nos olhos é totalmente contra indicada e no complexo mamário todo cuidado, pois se houver ali um processo de tumoração, podemos agravar e até desencadear novos tumores. Sugiro não aplicar nestas áreas...
* Pessoas que ja tiveram algum tipo de Câncer ou que aplicaram Botox há menos de 3 meses também possuem contraindicação, para estes temos outros recursos como o Alta-frequência, que também possui resultados maravilhosos! no caso do Botox, pelo simples fato de eliminar o efeito dele. 

Tenho concertado muito trabalho de aplicação de Botox com uso adequado do Laser!

 Já nas sobrancelhas e lábios, eu garanto, é uma maravilha mesmo! Inclusive estudos confirmam que o Laser de baixa potencia possui a capacidade de inibir o Herpes, que pode se apresentar nos portadores do vírus!

Obs: É comprovado que 99% da população Mundia possui o vírus do herpes, então nao fique triste se você desenvolveu o Herpes labial.

O Laser deve ser usado antes e após a Micropigmentação, com intensidades específicas. Tenho usado o Laser em nossos trabalhos de Micropigmentação no Ateliê Sidney Duarte & Léo Calheiros, e realmente faz uma grande diferença.
Reduz o tempo de cicatrização, a formação de crostas, e melhora muito a fixação do pigmento. 
Bom acho que esse texto ja ajuda um pouco a entender este assunto que confesso, é bastante complexo. 
Até a próxima!!!

Léo Calheiros
Micropigmentador e Esteticista
www.ateliedemicropigmentacao.com.br











segunda-feira, 22 de julho de 2013

Dúvidas mais comuns sobre a Micropigmentação

Olá pessoal, depois de receber muitos e-mails com diversas dúvidas sobre a Micropigmentação, resolvemos postar as mais comuns, e assim ajudar a desmistificar a Micropigmentação!



1) Existe Micropigmentação feita a Laser?

R: Não, a Micropigmentação é feita com uso do Dermógrafo, onde através de micro agulhas o pigmento inorgânico é implantado na Derme. O uso do Laser é importante,  feito antes e ou após o procedimento de Micropigmentação. Atualmente é o melhor recurso a ser usado pois auxilia na recuperação da pele, tem efeito analgésico e aumenta a fixação do pigmento.

2) Tenho Diabetes, e me disseram que não posso fazer Micropigmentação nas minhas sobrancelhas, é verdade?

R: Não, o diabético pode sim se submeter ao procedimento de Micropigmentação, desde que, com autorização por escrito do seu médico. Isto serve para outras patologias inclusive nos casos de Câncer.

3) Me falaram que durante o verão não devemos fazer a Micropigmentação e nem tratamentos de pele, o que você acha disso?

R: Olha, sinceramente, muita gente diz coisas sem sentido e sem o menor conhecimento de causa, veja só, é no verão que mais atenção e cuidados devemos ter com nossa pele, principalmente para quem mora nas regiões litorâneas. Os cuidados nesta época são mais que necessários, e falo de cuidados profissionais com Esteticistas (Nível superior). Com todo respeito aos Dermatologistas, estes estudam muito sim, mas estudam como tratar as doenças de pele e não Estética. Quanto a Micropigmentação, não há nenhuma contra indicação com relação ao Verão, pois os cuidados são os mesmos em qualquer época do ano.

4) Minha cunhada fez Micropigmentação nas sobrancelhas há mais de 10 anos e hoje está azul, tem concerto?

R: Meu bem, sua cunhada não fez Micropigmentação, pois a Micropigmentação além de não "ficar azul", não dura todo este tempo. A Micropigmentação tem duração média entre 1 e 2 anos, justamente para que seja possível, sempre fazermos um desenho adequado ao rosto da cliente mantendo o designer harmônico ao grau de envelhecimento e até ao próprio estilo da moda ou gosto pessoal.

5) Eu e minha filha queremos fazer Micropigmentação nas sobrancelhas e nos lábios, tem algum problema por ela ser menor de idade?

R: No Rio de Janeiro e creio que em muitas cidades é proibido ao menor de idade se submeter a este procedimento. No Rio de Janeiro inclusive, nem com autorização dos responsáveis.

6) Já vi sobrancelhas azuis, verdes e até roxas, isso acontece a qualquer pessoa?

R: Não, a alteração de cor para tons azulados em geral tem relação com a falta de conhecimento do profissional aliada a baixa qualidade do pigmento utilizado. No caso de tons avermelhados, pode sim acontecer por estimulação da melanina, embora sejam raros.

7) É possível corrigir as Olheiras com a Micropigmentação?

R: Não! Embora alguns profissionais se aventurem a realizar este procedimento, eu desaprovo por vários motivos. Em primeiro lugar devemos conhecer a origem da olheira em questão, pois vários são os fatores causadores deste incomodo. Desde noites mal dormidas, variações hormonais, deficiência no sistema circulatório e outros.
Na verdade ao tentar corrigir as Olheiras é usado um pigmento a base de Dióxido de Titânio, no geral, em tons de "Bege". Vale lembrar que no Verão a pele quando exposta ao sol, tende  a bronzear, é um processo de defesa natural e no Inverno o rosto tende a clarear pois ficamos menos expostos ao sol. No entanto,o pigmento não "bronzeia", então o rosto ficará corado e abaixo dos olhos você terá uma mancha bege, ou seja o pigmento colocado pra disfarçar as olheiras não acompanhará seu tom de pele e você apenas trocará a cor do problema, pois ficará obrigada a usar maquiagem sempre, pois o papel do pigmento é o de um corretivo que necessitará ser coberto por maquiagem de qualquer maneira!

8) Tenho manchinhas no rosto e nos ombros, tipo sardas, é possível clarear elas com a Micropigmentação?

R: Não, a Micropigmentação pode disfarçar manchas claras, aproximando-as ao tom de pele natural mas, não é possível clarear estas manchas com a Micropigmentação. Existem outros tratamentos estéticos realmente efetivos contra as efélides (sardas). Procure um Esteticista!

9) Vi na internet a Micropigmentação Capilar, achei interessante, mas parece que é uma pintura feita no couro cabeludo, e vi também que é preciso raspar a cabeça é isso?

R: Veja bem, cada caso é um caso, é possível disfarçar a calvície em pontos isolados, geralmente, mesclando a pigmentação com o cabelo existente. Pode ser feito um sombreamento, podem ser feitos desenhos de fios. Existem profissionais que pigmentam pontos pequenos, micro pontos, simulando o fio crescendo, eu particularmente não gosto desse efeito, e neste caso realmente é preciso "raspar" a cabeça para que o efeito fique harmônico dando a sensação de que o cabelo cresce em toda região e é a pessoa que curte ficar de cabeça raspada rssss... o que vejo é um homem careca cheio de bolinhas pintadas na cabeça...rsssss
Não vejo a Micropigmentação Capilar como solução para a calvície como é vendida, pois como disse antes, cada caso é um caso. Se você é calvo e quer um efeito natural, talvez seja possível dependendo da região afetada e quantidade de cabelo, mas se você é "careca", e quer um efeito natural, existem próteses no mercado que são muito boas e o famoso transplante capilar que ainda é a melhor solução!

10) Olá, fiz ontem uma Micropigmentação de sobrancelhas e a Esteticista me falou que a cor fica escura no inicio mas que vai clarear. Eu estou com medo pois está mesmo muito escura, será que vai clarear mesmo?

R: Sim, toda Micropigmentação fica mais escura nos primeiros 7 dias, logo após sofre um clareamento que pode ser até bastante grande, é preciso aguardar um período de 30 dias para acomodação total do procedimento, ai sim, junto com a profissional que lhe atendeu, você poderá decidir se realmente está muito escura.  Neste momento também é possível fazer qualquer ajuste que seja necessário. É preciso aguardar 30 dias no mínimo para qualquer retoque.








terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

No Espelho!

Bom amigos, hoje vamos falar do grande passo que é decidir fazer uma Micropigmentação Estética!
Seja nas sobrancelhas, nos olhos, lábios a primeira coisa que devemos prestar atenção é em nosso rosto, sim pois não existe milagre, embora em muitos casos pareça que foi um verdadeiro milagre a transformação!
         
Quando falo do rosto, devemos entender que não há rosto simetricamente perfeito, e que diferenças entre o lado esquerdo e direito do rosto existem. Muitas vezes estas diferenças não nos chamam a atenção, mas em outros casos são estas diferenças que fazem a mulher procurar o Micropigmentador. Veja esta foto, é de uma das mulheres mais lindas de nosso país:



Há nítidas diferenças nas sobrancelhas ao natural, e isso não é um defeito, são assimetrias naturais, assim como o olho esquerdo aparentemente menor, e no caso dos lábios na porção superior direita é mais arredondado que na porção superior esquerda que é mais reto. O nariz desvia-se levemente para a esquerda.
Tais assimetrias naturais são mais comuns do que pensamos e elas podem interferir no resultado final da Micropigmentação  caso o profissional não se atenha a elas, pois se não for feita uma compensação adequada estas assimetrias podem ficar mais evidentes ainda.

A cliente precisa entender que um trabalho natural não pode ser feito usando réguas e moldes, que são vendidos inadvertidamente a jovens profissionais como a salvação e promessa de um desenho perfeito. Um molde ou régua farão sim um desenho perfeito mas se aplicados a uma superfície plana e perfeita. Coisa que nosso rosto não é.
Após entendermos as diferenças, precisamos compreender que é preciso harmonizar o desenho a cada tipo de rosto. Há pessoas onde as assimetrias são menos visíveis e ha casos onde são gritantes as diferenças.
Outra linda mulher de nossa terra, vejam abaixo as diferenças nas sobrancelhas:

A sobrancelha esquerda mais arqueada e reta, já a direita mais baixa e arredondada.

A postagem desta duas mulheres que julgo serem lindas, é pra mostrar a todas as outras mulheres que as assimetrias são normais, e não importa a grau de beleza. 

Por isso observe seu rosto, pare diante do espelho e entenda que tais diferenças são normais, podem ser minimizadas com a Micropigmentação, mas nem uma cirurgia plástica removerá por completo tais diferenças!
Aos colegas de profissão peço que atentem para a harmonia, ao desenhar,  procurem fazer o desenho mais harmônico e natural, diminuindo as diferenças com Técnica e arte!







terça-feira, 25 de setembro de 2012

Eletrólise, a Depliação eficiente!


Depilação por Eletrólise  refere-se à prática de remoção de pelos do corpo humano através de eletricidade. Quando o cabelo é removido dessa maneira, os efeitos são quase sempre permanente. Nos Estados Unidos, depilação eletrólise é o único método de depilação permanente, que é aprovado pela Food and Drug Administration (FDA). Ela envolve várias etapas ou tratamentos para ser concluída, e é feito através da inserção de uma sonda de agulha em um folículo piloso, e passando uma corrente elétrica através dele. 
Qualquer área do corpo, exceto o interior do nariz e as orelhas pode ter o cabelo removido dessa maneira. A Depilação por Eletrólise pode ser uma alternativa a depilação a laser.

Existem três métodos básicos de depilação eletrólise. O primeiro é conhecido como eletrólise galvânica, e faz com que uma área de danos ao folículo piloso, formando uma pequena quantidade de hidróxido de sódio químico, um produto químico áspero usado para fazer sabão e escorra removedores de entupir. O dano causado é apenas o suficiente para impedir que o folículo do cabelo crescer novamente.
O segundo método comum é simplesmente superaquecer o folículo piloso em uma técnica chamada termólise.O método de mistura combina os dois primeiros a alcançar o mesmo resultado em um curto período de tempo.Este prazo pode ser reduzido bastante valioso, pois a depilação eletrólise é um notório processo demorado. A agulha de eletrólise deve permanecer no folículo piloso por até um minuto, e todos os pêlos devem ser removidos dessa forma. Mesmo uma pequena área pode ter um total de horas, dependendo da quantidade de cabelos que há para ser removido.
No terceiro método é utilizada uma pinça, assim não há penetração na pele, e o pelo é removido após a descarga elétrica, sem afetar o resultado esta técnica em geral é a preferida dos profissionais, por não oferecer riscos desnecessários.
A natureza tediosa de depilação eletrólise pode ser a sua maior desvantagem, além do custo, que normalmente é dividido em sessões. Também requer que o paciente tenha vários tratamentos, não importa o quanto ou como pouco cabelo está sendo removido, por causa da maneira cíclica em que o cabelo cresce a partir de sua raiz. Vermelhidão localizada e inchaço são comuns após o procedimento. Scabbing e descolorações da pele são possíveis a curto prazo após o procedimento também.
Apesar destas desvantagens, depilação eletrólise continua a ser a forma mais eficaz de remoção permanente do cabelo disponíveis. Também é capaz de beneficiar um leque mais amplo de pessoas do que a depilação a laser. Por exemplo, enquanto certas cores de pele pode impedir algumas pessoas de ter feito a depilação a laser, depilação eletrólise alvos do folículo piloso, em vez de pigmento do cabelo. Isso significa que pessoas com qualquer tipo de pele ou cabelo pode usar este tratamento.



Recomendações após depilação com eletrólise
Depois de passar pela depilação com eletrólise, é recomendável evitar exposição ao sol ou uso de maquiagem por pelo menos 12 horas. Além de lavar a região depilada com sabonete anticéptico, é necessário substituir o uso de cremes gordurosos por gel cicatrizante. A depilação não é definitiva, mas a manutenção pode ser feita com intervalos de meses e a quantidade de pelos vai diminuindo ao longo que os procedimentos são realizados.

Fontes: 
Procurando depilação por eletrólise sem agulhas no Rio de Janeiro?  Depilação de sobrancelhas, buço e região do mento através da eletrólise sem agulhas!!!.




quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Crimes contra a Pele II

Continuando a matéria anterior, não podia deixa de citar que existem outros crimes que acabamos cometendo contra nossa pele, e porque não dizer contra a saúde de nossa pele?
Infelizmente ainda existem lugares que deveriam tratar com mais responsabilidade a Estética facial, e para estes lugares negligentes, temos clientes imprudentes.
É um relação simbiótica, pois no geral profissionais de Micropigmentação negligentes acabam atendendo a clientes imprudentes, tendo o desastroso resultado estampado no rosto de milhares de mulheres no mundo.
São sobrancelhas azuis, delineadores borrados, lábios deformados e etc...no geral é lamentável mas, não posso culpar somente profissionais, pois me pergunto se tais "profissionais" teriam colocado uma arma na cabeça dessas clientes, acredito que não, bom ainda não atendi nenhuma cliente de Reconstrução ou Reengenharia que tivesse me relatada tal fato...rsss
Mas o pensamento que não me sai da cabeça é: Pra cada mau profissional existe um mau cliente, veja só, o profissional não quer investir em conhecimento com novos e bons cursos, em material de trabalho, geralmente pelo fato de não querer gastar dinheiro, por outro lado no geral, a maioria das clientes que me procuram pra corrigir os resultados destes maus profissionais me relatam que procuraram o profissional pelo preço somente, ou seja também não quiseram investir em seu próprio rosto, preferindo o preço baixo e promoções malucas, a qualidade.


Aí temos estes resultados:


sobrancelha azul escuro



sobrancelha azul escuro



sobrancelha azul

 

Após vermos os resultados obtidos pela falta de orientação de clientes e profissionais, acho que ficou mais claro agora, que o bordão: Bom, bonito e barato não se aplica a Estética!
Cuidado!
Você não merece ter as sobrancelhas azuis!!!! Faça com quem sabe! Muitos profissionais tem usado nossa propaganda, mas nós do Ateliê de Micropigmentação não nos incomodamos com isso, apenas deixamos claro que não temos filial, não temos "equipe" de atendimento e não atendemos em domicílio! Todo atendimento é feito em nosso estabelecimento pelos professores Sidney Duarte e Léo Calheiros.

*as fotos aqui postadas possuem autorização expressa de uso exclusivo do Ateliê de Micropigmentação.
*Muitos destes trabalhos ainda estão em fase de Reengenharia, pois no geral algumas correções podem levar até 6 meses para ficarem menos chocantes. Por isso, informe-se, converse, tire suas dúvidas com o profissional e só faça se estiver segura da qualidade do trabalho!






quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Crimes contra a Pele!



Muitas vezes, achamos que apenas cremes, tratamentos e cosméticos são suficientes para manter e melhorar a beleza da pele. Mas, alguns hábitos simples, que às vezes não são cultivados, podem fazer muito por nossa saúde e bem-estar.





Segundo a professora Marilise Pinheiro da Cunha, diretora da área de imagem pessoal dos Cursos Técnicos do Centro de Educação Profissional Martinus, existem sete pecados capitais que atrapalham, e muito, a nossa aparência.

Saiba quais são eles e siga as orientações:

1 - Não usar filtro solar
Ele é essencial para a proteção da pele. Não só pela beleza, mas também para prevenção ao câncer de pele. "O sol é cumulativo, fica guardado nas células. Ou seja, o sol que você tomou aos 18 anos sem proteção fica armazenado na pele, e isso traz malefícios no futuro. A pele sem proteção solar fica suscetível ao envelhecimento precoce, manchas e ao câncer de pele. O protetor é mais do que uma substância anti-envelhecimento, é primordial para a saúde da pele".

2 - Não retirar a maquiagem para dormir
Isso causa uma obstrução dos poros. "Durante a noite, enquanto dormimos, é o momento que a pele deve estar limpa, para que ela respire. Com a maquiagem, isso não ocorre, cria-se uma barreira". Dormir maquiada causa acne, envelhecimento precoce e a pele fica opaca e sem brilho. "É como se você passasse somente cera no chão da sua casa e nunca passasse nada para retirar o excesso".

3 - Ingerir alimentos gordurosos com muita freqüência
A saúde da pele está intimamente ligada ao bom funcionamento do aparelho digestório. "Se nos alimentamos bem e digerimos bem os alimentos, isso se reflete na pele". Quando a pessoa não tem um bom aparelho digestivo, a pele fica com um aspecto de poros dilatados, opaca. Acne e cravos aparecem com maior freqüência. "Se nosso fígado está sobrecarregado, o resultado aparece na pele".

4 - Estressar-se demais
A exposição ao estresse exagerado cria pontos de tensão na pele. "Isso acaba ocasionando rugas e acentuando as linhas de expressão. Nessas horas, a receita é sorrir. O sorriso mexe com vários músculos do rosto e a pessoa fica com uma aparência muito melhor".

5 - Não tomar água
Nosso corpo é formado por 70% de água, e todas as funções vitais do nosso organismo necessitam dessa substância. "Então, se não ingerimos água, a pele fica desidratada, pois as outras funções acabam ficando com o que temos naturalmente no organismo. A pele desidratada fica opaca e envelhece mais cedo". Beber água é um hábito que tem que ser criado ao longo do tempo. "Não adianta pedir para a pessoa que não toma nenhum copo de água tomar oito copos de um dia para o outro. Se você toma um copo, passe a tomar um copo e meio no outro dia e assim por diante. Também é importante acrescentar outros líquidos além da água, como o das frutas, por exemplo".

6 - Tomar banhos com água muito quente
A água muito quente elimina a lubrificação natural da pele. Nós temos uma flora microbiana natural que protege a nossa pele, que é o sebo mais o suor do corpo, que forma uma emulsão fisiológica epicutânea. "Se essa emulsão natural é agredida, a pessoa fica predisposta a doenças de pele. Nós temos glândulas sudoríparas (que causam odor), apenas em pés, genitais e axilas. Devemos usar sabonete apenas nessas regiões, não há necessidade de passar no corpo todo, pois somente a água já deixa a pele limpa".

Para quem tem pele oleosa, não é recomendável lavar o rosto com sabonete comum várias vezes por dia. É indicado usar um produto com ph adequado e filtro solar livre de óleo. É importante consultar sempre um especialista.

7 - Não passar hidratante
Sempre temos que manter o teor de hidratação da pele, se não, a deixamos suscetível ao aparecimento de rugas. O hidratante não permite que a água da pele evapore. "Também é fundamental usar um produto adequado para seu tipo de pele e nunca utilizar o hidratante do rosto no corpo e vice-versa, pois as substâncias que existem nos cremes para o corpo são diferentes dos produtos para o rosto".


Fonte:http://beleza.terra.com.br/noticias/0,,OI1742173-EI7484,00-Conheca+os+sete+pecados+capitais+contra+a+pele.html



segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Ultra som na Estética



Assista ao vídeo e entenda a diferença entre o Ultra-som utilizado na Estética e o utilizado na Reabilitação.



O Ultra-som utilizado na Reabilitação embora seja mais invasivo, e dê a sensação de ser mais potente, na verdade é inadequado para a realização de procedimentos Estéticos.
Por isso lembre-se Estética somente com Esteticista!

Léo Calheiros e Sidney Duarte

fonte:http://www.youtube.com/watch?v=7O8WFArcmw4
esteticawebtv

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Cuidados com a Pele

A Higienização da pele deve ser um hábito a ser cultivado, mas atenção, procurem um(a) Profissional Esteticista, evitem receitinhas caseiras ou cremes indicados por amigas. Só o Esteticista tem  conhecimento sobre a estética e saúde da pele, e quais os melhores procedimentos para cada caso. Dermatologia com Dermatologista, Fisioterapia com Fisioterapeuta, Nutrição com Nutricionista e claro, Estética só com Esteticista!

Atualmente vários são os recursos que podem ser aplicados pelos profissionais em estética, mas atenção, existem esteticistas de nível Médio que é o Técnico em Estética, e de nível Superior que são os Tecnólogos e Bacharéis em Estética. Para procedimentos mais complexos, procure os Esteticistas de Nível Superior, pois a partir de 18 de Janeiro deste ano, foi regulamentada a profissão de Estética no Brasil, sendo assim após esta data qualquer outro profissional, sem formação adequada em estética que tente invadir a área de Estética está na verdade exercendo ilegalmente a Profissão de Estética. No entanto a lei garante aos profissionais que já atuavam na área antes do dia 18 de Janeiro de 2012, que continuem o exercício de suas atividades.
Ou seja Médicos, Fisioterapeutas, Biomédicos e até esteticistas que atuavam antes dessa lei, podem continuar trabalhando, no entanto, os profissionais formados após esta lei, só poderão atuar na estética mediante formação específica. No caso pós graduações, cursos ou graduações em Estética.


Terapia de Rejuvenescimento Facial



Só profissionais experientes, e comprometidos com a profissão alcançam bons resultados! Não deixe de investir em conhecimento, boa formação, técnicas adequadas e materiais de qualidade!
Estética com Esteticista!








quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Pílulas contra o envelhecimento?


Conselho Federal de Medicina condena terapia antienvelhecimento


Faltam evidências científicas que justifiquem a prática da medicina antienvelhecimento, ou anti-aging. Essa é a conclusão de uma extensa revisão de estudos científicos sobre o assunto, realizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). A entidade publica nesta segunda-feira (6) parecer sobre o assunto. O material pode ser acessado no site da entidade. 
A diretoria do CFM confirmou que o parecer servirá de base de uma resolução que proibirá o uso de hormônios e práticas de antienvelhecimento no país. Segundo o vice-presidente do CFM, Carlos Vital Corrêa Lima, o Código de Ética Médica já veda a realização de  terapêutica experimental. “Uma resolução dará mais ênfase e deixará ainda mais claro esta proibição”.
Quanto à técnica de antienvelhecimento, a principal crítica do parecer do CFM diz respeito à reposição hormonal e à suplementação com antioxidantes, vitaminas e sais minerais, medidas propostas pelos que a prescrevem. O tratamento hormonal utilizado nestas pessoas que buscam o rejuvenescimento era o mesmo usado em pacientes com hipofunção glandular. O tratamento sem a devida indicação coloca a saúde do paciente em risco.
O Coordenador da Câmara Técnica de Geriatria do CFM, Gerson Zafallon Martins, alerta que os procedimentos podem causar danos. Há aumento, inclusive, do risco de câncer. “Prescrever hormônio do crescimento para “rejuvenescer” um adulto que não tem deficiência desse hormônio é submetê-lo ao risco de desenvolver diabetes e até neoplasias”.
De acordo com o Parecer do CFM nº 29/12 não se reconhece no Brasil a especialidade médica de antienvelhecimento, bem como não há registros na União Europeia e nos Estados Unidos.
Trabalho - O Parecer CFM nº 29/12 conclui ainda que a modulação hormonal bioidêntica, “vem a ser nada mais que o uso de hormônio fabricado em laboratório, manipulado em farmácia magistral e prescrito com finalidade terapêutica não sustentável cientificamente e, desse modo, não aprovada pelas sociedades medicas acreditadas”, diz o texto.
Na avaliação dos conselheiros, a maior longevidade ou aumento expectativa de vida do homem atual não se deve a um tratamento específico e sim a toda uma melhora nas condições de vida. “Estão vendendo ilusão de antienvelhecimento para a população sem nenhuma comprovação científica e que pode fazer mal à saúde. Com a idade, o metabolismo mais lento e a ingestão de algumas substâncias podem aumentar o risco de várias doenças”, alerta a médica geriatra Elisa Franco Costa, que auxiliou nas pesquisas do CFM.
Para a geriatra e membro da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Maria Lencastre, a manipulação hormonal deve ser indicada apenas nos casos em que o paciente apresente algum tipo de disfunção na produção de hormônios, como nos casos de hipotireoidismo (distúrbio hormonal que afeta o metabolismo do organismo).
Ela lembrou que o fator genético responde por um terço das causas do envelhecimento e que a melhor maneira de retardar o processo é a modificação de hábitos, que incluem a prática de exercício, a alimentação adequada e a perda de peso. “Medicamentos que não são necessários, além do risco, significam custo com uma população que já tem grandes custos [com patologias como doenças do coração].
Processo - Segundo dados da corregedoria do CFM, nos últimos quatro anos, a entidade já cassou o registro profissional de cinco médicos que praticavam os procedimentos sem comprovação científica. Outras dez punições (como suspensão e censura pública) também foram dadas a outros médicos. Os Conselhos Regionais de Medicina também apuram outros casos.
O ilícito destes médicos geralmente era agravado pela publicidade imoderada, sensacionalista e promocionais. Muitos deles garantiam resultados, o que contraria o Código de Ética Médica (CEM). “A medicina não é uma ciência de fim e sim de meios. O médico tem que fazer o possível em benefício do paciente, mas nem sempre o resultado é satisfatório”, destaca o corregedor do CFM, José Fernando Maia Vinagre.

Destaques do parecer:

- A especialidade medica “Medicina anti-aging” ou “Medicina antienvelhecimento” não é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina.
- O processo biológico de envelhecimento do organismo humano é acompanhado de um natural decréscimo na produção endógena de alguns hormônios sem que este fato seja considerado como a causa do envelhecimento.
- A medicina e, por extensão, a prescrição de hormônios, precisa ser exercida baseada em evidências científicas comprovadas